# 048



“Estava tão habituada a ser aquilo que sempre fui que nem me passava pela cabeça que poderia ser algo diferente, que poderia tentar ser algo novo.”

Texto: Paulo Kellerman
Foto: Teresa Afonso

Sem comentários:

Enviar um comentário