# 316



"O tempo não era suficiente para aferir as díspares vontades que, como aranhas, lhe teciam teias nos pulmões."

Texto: Andreia Azevedo Moreira
Foto: Mónica Brandão

2 comentários:

  1. Obrigada, Carla, pela parte que me toca! A fotografia é perfeita. Maravilhosa. Obrigada, Mónica Brandão.

    ResponderEliminar